ISSN (on-line): 2177-9465
ISSN (impressa): 1414-8145
Escola Anna Nery Revista de Enfermagem Escola Anna Nery Revista de Enfermagem
COPE
ABEC
BVS
CNPQ
FAPERJ
SCIELO
REDALYC
MCTI
Ministério da Educação
CAPES

Notícias

BlogRev@Enf

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem apoia o BlogRev@Enf. Siga-nos!

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem completa 20 anos

Nos dias 29 e 30 de novembro de 2017, no espaço do X SINPEn, estaremos celebrando os 20 anos da...
Mais Notícias

Volume 3 , Número 3 , Set/Dez - 1999

EDITORIAL

1  - A Enfermagem e o trabalho

Cristina Maria Loyola Miranda

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 1999;3(3): 11-16

Download

 

CONFERÊNCIA

2  - Annaes de enfermagem

Zaira Cintra Vidal

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 1999;3(3): 17-20

Download

 

DISCURSO

3  - 12 de maio de 1989 Implantação do doutorado em Enfermagem

Vilma de Carvalho

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 1999;3(3): 21-24

Download

 

ARTIGOS

4  - O aluno e a Enfermagem: por que esta opção profissional?

Thelma Spindola; Almerinda Moreira

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 1999;3(3): 25-36

Resumo Download

O convívio diário com alunos do 1º período da Faculdade de Enfermagem UERJ suscitou a realização deste trabalho. Diante das dúvidas sobre a enfermagem e competências do enfermeiro, observava que a falta de informação era uma constante nos alunos. Optamos por investigar as motivações da opção pela área e os conhecimentos do grupo a respeito da profissão, adotando-se uma abordagem qualitativa. Os alunos que ingressaram no 2º semestre / 98 foram sujeitos da pesquisa respondendo uma entrevista semi-estruturada. Os resultados demonstram que as motivações para a escolha são relacionadas à aptidão pela área de saúde, influência de amigos / familiares, percepção da enfermagem como próxima às demais áreas de saúde e fértil mercado de trabalho. Conclui-se que a procura pela profissão está vinculada ao acesso à área da saúde havendo pouco conhecimento a respeito da enfermagem. Há necessidade, portanto, de uma divulgação da enfermagem e suas áreas de atuação.

Palavras-chave: Aluno - Enfermagem - Opção

 

5  - Acerca da assistência de Enfermagem: considerando significado e destaques

Vilma de Carvalho; Lygia Palm

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 1999;3(3): 37-51

Resumo Download

A partir da noção de significado e de declarações de enfermeiras obtidas por entrevistas, as autoras tratam de aspectos destacados e significado da assistência de enfermagem. As declarações indicam divergência entre dois discursos - o das instituições e o da enfermagem. Referem circunstâncias do trabalho de enfermagem e da assistência aos clientes, que interferem no significado e na qualidade da assistência prestada. Colocam em questão a consciência profissional, a responsabilidade e a posição da enfermeira frente à assistência de enfermagem como empreendimento pragmático. A discussão ressalta aspectos da assistência de enfermagem - a autonomia profissional, a racionalidade assistencial e as condições do trabalho de enfermagem. E apontam a necessidade de reconsiderar e redirecionar a assistência de enfermagem pelo seu significado no resultado da assistência à saúde, e pelas implicações quanto ao presente e ao futuro.

Palavras-chave: Significado (noção) - Assistência de Enfermagem - Pragmática da Enfermagem.

 

6  - Cuidado de clientes cirúrgicos: aspectos evolutivos e reflexões para avanços na Enfermagem

Isaura Setenta Porto; Nébia Maria Almeida de Figueiredo

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 1999;3(3): 52-62

Resumo Download

p>Com a finalidade de refletir sobre a natureza do cuidado de enfermagem dirigido à clientela cirúrgica, o estudo discorre sobre sua evolução, à luz de alguns desdobramentos históricos que o influenciaram, direta ou indiretamente. Os cuidados de enfermagem denominados supersticioso, ambíguo e científico são caracterizados e relacionados ao desenvolvimento de abordagens para a clientela cirúrgica, em diversos momentos evolutivos. É apresentado o início da exploração e reflexão sobre um cuidado sensual de enfermagem fundamentado no conceito de ciência sensual. Para que ele possa ser instituído são necessárias algumas modificações no âmbito do ensino, da pesquisa e da assistência de enfermagem, principalmente a incorporação de uma ética diferente daquela normativa da profissão, uma ética da liberdade e da solidariedade. Finaliza apontando a necessidade de partilhar e discutir a proposição do cuidado sensual, talvez um dos resultados para um avanço da profissão coletivamente buscado, trabalhado e partilhado.

Palavras-chave: Cuidado de enfermagem - Denominações evolutivas - Clientela cirúrgica

 

7  - A década de 90 e a Enfermagem brasileira: desenhando possibilidades

Célia Alves Rozendo; Neusa Collet

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 1999;3(3): 63-73

Resumo Download

O objetivo neste trabalho é refletir sobre a enfermagem nos anos 90, buscando apontar possibilidades à profissão e seus agentes, assim como limites da prática cotidiana. Procura-se compreender o que acontece no mundo, quais as idéias e projetos que são colocados na agenda global, como isto se apresenta no âmbito nacional, apresentando alguns dos reflexos no setor saúde e na enfermagem. Citamos como limites: a baixa auto-estima dos profissionais, o sentimento de impotência e pessimismo, a autonomia limitada, a submissão aos poderes médico e institucional e questões estruturais que fogem à internalidade da enfermagem. A enfermagem é potencialmente capaz de gerar transformações, especialmente nos micro-espaços e em conjunto com outras práticas, levando em consideração o reconhecimento dos limites e possibilidades, a valorização de seus agentes e do seu quefazer, a reorientação do processo de formação profissional e a participação ativa dos atores em todos os processos de construção do cotidiano.

Palavras-chave: Cuidado - Investigação - Enfermagem

 

8  - Enfermagem autônoma: por quê e para quê?

Rosângela da Silva Santos; SuzyDarlen Dutra de Vasconcelos

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 1999;3(3): 74-88

Resumo Download

Trata o presente estudo de uma pesquisa realizada por uma docente da Escola de Enfermagem Anna Nery/UFRJ e uma bolsista de Iniciação Científica da EÉAN. A pesquisa teve como objetivos: Identificar o modelo de assistência de enfermagem prestada nas instituições privadas; Relacionar a composição da equipe de enfermagem nos serviços que atuam com autonomia; Identificar a clientela assistida; Conhecer a infra-estrutura disponível e Identificar os problemas encontrados no desenvolvimento da assistência. A metodologia utilizada foi de natureza quali -quantitativa. Os dados foram colhidos através de entrevistas com os responsáveis por instituições que funcionam de forma autônoma, um total de 19 serviços. Os dados obtidos foram agrupados em categorias de acordo com as temáticas encontradas. O estudo é relevante porque permitiu conhecer a assistência prestada à comunidade e comparar com o modelo conceituai da prática autônoma da Enfermagem.

Palavras-chave: Enfermagem - Autonomia - Assistência

 

9  - O lugar das plantas medicinais nos espaços privado-domiciliar e académico-profissional das enfermeiras

Neide Aparecida Titonelli Alvim; Ivone Evangelista Cabral

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 1999;3(3): 90-103

Resumo Download

Este estudo, realizado no período de 1998 a 1999, teve como objeto o uso de plantas medicinais no espaço de vida privado-domiciliar e sua aplicabilidade no cenário académico-profissional das enfermeiras. Foi realizado com base na pesquisa qualitativa e eleito o método criativo e sensível como ferramenta de investigação, que tem como eixo norteador as dinâmicas de criatividade e sensibilidade (DCS). No interior dessas dinâmicas conseguimos atingir os objetivos: descrever o lugar das plantas medicinais na trajetória de vida das enfermeiras; e analisar a aplicabilidade das plantas nos espaços privado-domiciliar e académico-profissional das enfermeiras. Os conceitos de crítico-reflexiva (Freire), linguagem (Bakhtin) e recodificação temática (Cabral) constituíram o alicerce da pesquisa. A análise crítico-reflexiva, desenvolvida no contexto plural, dialógico e dialético das DCS, apontou para a necessidade de se ampliar o campo de investigação nesta área para que seja considerada como uma possibilidade no cuidado de enfermagem.

Palavras-chave: Enfermagem - Plantas Medicinais.

 

10  - A Enfermagem e os riscos ocupacionais no serviço de quimioterapia

Marilyn Villadiego Chamorro; Regina Célia Gollner Zeitoune

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 1999;3(3): 104-114

Resumo Download

O propósito principal deste artigo é o de apontar e analisar os riscos ocupacionais a que estão expostos os trabalhadores de enfermagem que atuam em serviços de quimioterapia, destacando os principais efeitos dessa exposição. Da mesma forma busca-se fazer uma reflexão acerca da postura da equipe de enfermagem no que concerne aos riscos ocupacionais que permeiam seus ambientes de trabalho.

Palavras-chave: Enfermagem - Serviço de Quimioterapia - Riscos Ocupacionais

 

11  - As categorias "sofrimento" e "prazer" no trabalho da enfermeira numa abordagem de representações sociais: A experiência de realização de uma investigação

Marcia Tereza Luz Lisboa

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 1999;3(3): 115-124

Resumo Download

O estudo trata de apresentar questões referentes à categoria trabalho, de forma geral, e ao trabalho de enfermeira, de forma específica, principalmente no seu contexto de sofrimento e prazer, através de seu estudo pelas Representações Sociais, como preconizadas por Jodelet e Moscovici. Muitos estudos de enfermagem, em especial as teses e dissertações de pós-graduação, focalizam-se na contextualização do objeto de estudo. Geralmente, o mundo do trabalho deixa de ser contextualizado no objeto, escolhido em decorrência da prática da enfermeira. Esse esquecimento pode ocorrer pelo desconhecimento das enfermeiras. Este artigo destaca a possibilidade de investigar as características do trabalho, seu surgimento e como as enfermeiras o representam. Então, ressalta a realização de estudos nesta área, para oferecer maior compreensão sobre trabalho, emprego, desemprego e globalização. Ainda, destaca as representações como produtivas para estudar o sofrimento e o prazer implícitos no trabalho da enfermeira.

Palavras-chave: Representações sociais - Teoria/Metodologia -Trabalho da enfermeira - Sofrimento e prazer.

 

12  - Teste tuberculínico entre alunos do curso de graduação em urna escola de Enfermagem no Municipio do Rio de Janeiro

Rosana Harter Griep; Elisabete A. Paz Malveira; Jaqueline Rodrigues de Oliveira

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 1999;3(3): 125-135

Resumo Download

Este estudo buscou conhecer a prevalência de infecção por tuberculose entre alunos de graduação da Escola de Enfermagem Anna Nery da UFRJ. Realizou-se estudo seccional em 417 alunos matriculados no segundo semestre de 1997. Utilizou-se questionário autopreenchido e aplicação de teste PPD-S, com leitura 48-72 horas após a aplicação. A leitura de PPD em 402 alunos revelou 19% de PPD positivo. Na análise bivariada, não se detectou associação significante entre teste PPD positivo e as variáveis: faixa etária, sexo, número de habitantes no domicílio, tabagismo, período do curso de graduação; história de doença pulmonar; trabalho anterior ou atual em hospital e tempo de trabalho. Os alunos com cicatriz BCG-ID tiveram maiores chances de serem fortes reatores. Concluiu-se que a taxa de tuberculose infecção é elevada entre os alunos de graduação da EEAN desde o ingresso no curso. A partir desta pesquisa, elaborou-se novo estudo prospectivo, acompanhando os alunos não-reatores durante o curso, para detectar viragem tuberculínica e avaliar com maior precisão o risco de adoecimento no ambiente de estágio.

Palavras-chave: Tuberculose - Estudantes de Enfermagem - Teste Tuberculínico

 

RELATO DE EXPERIÊNCIA

13  - Prática de ensino em programas de saúde desenvolvida com alunos do ensino fundamental

Maria Bernadete de Sousa Costa ; Carlos Bezerra Lima; Maria Iracema Tobosa da Silva; Maria Atra Souto Diniz Vilela

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 1999;3(3): 136-143

Resumo Download

Estudo realizado com estagiários da Prática de Ensino em Programas de Saúde - Licenciatura em Enfermagem - UFPB, junto à alunos da 7ª série do ensino fundamental de escola da rede pública de ensino, em João Pessoa - PB. Objetivou relatar a experiência vivenciada na prática de ensino, verificar a contribuição desta experiência para alunos de ensino fundamental e investigar quais os assuntos sobre saúde, de seu interesse. A experiência desenvolveu-se mediante o planejamento, execução e avaliação dos minicursos: "Primeiros Socorros", "Doenças Sexualmente Transmissíveis e Práticas Anticoncepcionais". Foi aplicado um instrumento que permitiu verificar que os tópicos ministrados mais apontados pelos alunos como contribuição para mudança de hábitos relacionados à saúde foram: "prevenção de doenças", "comportamento sexual", "cuidados corporais", "procura pelos serviços de saúde" e "riscos da automedicação". Como assuntos de maior interesse foram indicados: "doenças sexualmente transmissíveis", "todos os temas abordados", "prevenção de doenças", "primeiros socorros" e "higiene corporal".

Palavras-chave: Prática de Ensino - Ensino - Aprendizado -Educação em Saúde

 

© Copyright 2021 - Escola Anna Nery Revista de Enfermagem - Todos os Direitos Reservados
GN1