ISSN (on-line): 2177-9465
ISSN (impressa): 1414-8145
Escola Anna Nery Revista de Enfermagem Escola Anna Nery Revista de Enfermagem
COPE
ABEC
BVS
CNPQ
FAPERJ
SCIELO
REDALYC
MCTI
Ministério da Educação
CAPES

A pesquisa para o autor ou co-autor encontrou 3 resultados

Afinal, o que é ser enfermeiro?

Thelma Spindola1; Almerinda Moreira2

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 1999; 3(1): 98 - 109

Resumo Download

Ser enfermeiro, ao longo da história, assumiu conotações distintas conforme o pensamento dos atores e da realidade circundante. A contradição da formação profissional do enfermeiro X realidade prática (Teoria X Prática) pode traduzir sentimentos diferenciados desses atores. Optamos por investigar como os enfermeiros percebem estas contradições e atuam profissionalmente. Através da abordagem qualitativa, analisamos os discursos de enfermeiros atuantes em hospital público no Município do Rio de Janeiro revelando que Ser Enfermeiro abrange uma variedade de significados, incluindo aspectos assistenciais, administrativos e educativos. A prática cotidiana tende a afastá-los de uma visão idealista, apesar disso sentem-se satisfeitos com o trabalho realizado. O amor ao próximo e a solidariedade impulsiona-os a superar dificuldades no assistir em enfermagem.

Palavras-chave: Enfermeira - Treinamento X Prática diária

 

O aluno e a Enfermagem: por que esta opção profissional?

Thelma Spindola1; Almerinda Moreira2

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 1999; 3(3): 25 - 36

Resumo Download

O convívio diário com alunos do 1º período da Faculdade de Enfermagem UERJ suscitou a realização deste trabalho. Diante das dúvidas sobre a enfermagem e competências do enfermeiro, observava que a falta de informação era uma constante nos alunos. Optamos por investigar as motivações da opção pela área e os conhecimentos do grupo a respeito da profissão, adotando-se uma abordagem qualitativa. Os alunos que ingressaram no 2º semestre / 98 foram sujeitos da pesquisa respondendo uma entrevista semi-estruturada. Os resultados demonstram que as motivações para a escolha são relacionadas à aptidão pela área de saúde, influência de amigos / familiares, percepção da enfermagem como próxima às demais áreas de saúde e fértil mercado de trabalho. Conclui-se que a procura pela profissão está vinculada ao acesso à área da saúde havendo pouco conhecimento a respeito da enfermagem. Há necessidade, portanto, de uma divulgação da enfermagem e suas áreas de atuação.

Palavras-chave: Aluno - Enfermagem - Opção

 

Ser mãe portadora do HIV Análise compreensiva1

Thelma Spindola1; Milena Banic2

Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 1998; 2(1): 101 - 110

Resumo Download

O presente trabalho tem como objetivo compreender o significado de ser mãe portadora do HIV apoiadas em metodologia qualitativa com abordagem fenomenológica, buscou-se a compreensão do fenômeno a partir das falas das puérperas portadoras do HIV em um Serviço de Obstetrícia de um Hospital Público do Município do Rio de Janeiro. A análise dos depoimentos evidenciou que as mulheres percebem este momento com sua singularidade, sendo esta uma ocasião única, diferenciada na qual necessitam de apoio e compreensão de familiares e amigos para que superem as dificuldades inerentes à realidade vivenciada.

Palavras-chave: Enfermagem, Saúde da mulher, Sida/Aids

 

 

© Copyright 2023 - Escola Anna Nery Revista de Enfermagem - Todos os Direitos Reservados
GN1