ISSN (on-line): 2177-9465
ISSN (impressa): 1414-8145
Escola Anna Nery Revista de Enfermagem Escola Anna Nery Revista de Enfermagem
COPE
ABEC
BVS
CNPQ
FAPERJ
SCIELO
REDALYC
MCTI
Ministério da Educação
CAPES

Volume 9, Número 3, Jul/Set - 2005

ARTIGOS DE PESQUISA

 

Avaliação de sites sobre a História da Enfermagem Brasileira

 

Evaluation of sites about the History of the Brazilian Nursing

 

Evalución de sites sobre la Historia de la Enfermería Brasileña

 

 

Eliete Oliveira Basílio da SilvaI; Kenny Paolo RamponiII; Maria Cristina SannaIII

IAluna do 4º ano do Curso de Graduação em Enfermagem da Faculdade de Enfermagem da Universidade de Santo Amaro - UNISA. Membro do Centro de Estudos e Pesquisas sobre História da Enfermagem da FACENF-UNISA
IIAluno do 2º ano do Curso de Graduação em Enfermagem da Faculdade de Enfermagem da Universidade de Santo Amaro - UNISA. Membro do Centro de Estudos e Pesquisas sobre História da Enfermagem da FACENF-UNISA
IIIOrientadora, Drª. em Enfermagem, Professora Titular da Faculdade de Enfermagem da UNISA. Líder do Centro de Estudos e Pesquisas sobre História da Enfermagem da UNISA

 


RESUMO

Estudo descritivo que teve como objetivo avaliar os sites sobre História da Enfermagem Brasileira. De acordo com base teórica sobre o impacto que o uso da informática, como fonte de informação, proporciona e também por constatar que as pessoas que buscam informação através deste veículo são leigas e necessitam confiar na informação, vimos a importância de realizá-lo, tendo como questões norteadoras: quais os sites sobre História da Enfermagem Brasileira e qual a sua qualidade para o ensino e a pesquisa. Utilizamos a proposição de Mitretek - Quality Criteria for Evaluate Health Information Technology, cujos critérios são: Credibilidade, Conteúdo, Divulgação, Links, Design, Interatividade e Alertas/advertências, com respectivas subdivisões de indicadores, que auxiliaram na efetivação da avaliação. Os resultados apontaram apenas dez sites em condições de consulta confiável e a importância da reconstrução dos que tenham a História da Enfermagem Brasileira como foco, para atender às necessidades dos alunos e pesquisadores.

Palavras-chave: História da Enfermagem. Conhecimentos em Informática.


ABSTRACT

This is a descriptive study that intends to evaluate the sites about Brazilian Nursing History. According to a theoretical base about the impact of informatics uses for information resource and considering the fact of the people looks for trustful information but are not capable to do it alone, we decide to realize it. The questions that inspired the present investigation were: what sites about Brazilian Nursing History exists and what quality they have to learning and research activities. We utilize the Mitretek - Quality Criteria for Evaluate Health Information Technology proposal with its evaluation criteria: Credibility, Content, Disclosure, Links, Interactivity and Caveats, and its correspondent detailed criteria that help us to do the evaluation. The results show that only ten sites were in good conditions to be used by students and researchers, reason to recommend a reconstruction of sites that are focused on information about Brazilian Nursing History.

Keywords: History of Nursing. Computer Literacy.


RESUMEN

Estudio descriptivo que tuvo como objetivo evaluar sites sobre Historia de la Enfermería Brasileña. Observándose bases teóricas sobre el impacto que el uso de la informática, como recurso de información, proporciona y también por ser fato que las personas que utilizan este vehículo son neófitas y necesitan confiar en la información, vimos la importancia de realizarlo, teniendo como cuestiones orientadoras: cuales los sites sobre Historia de la Enfermería Brasileña y cual su calidad para la enseñanza y la pesquisa. Utilizamos la proposición de Mitretek - Quality Criteria for Evaluate Health Information, cuyos criterios fueron: Credibilidad, Contenido, Divulgación, Links, Design, Interactividad e Alertas/advertencias, con respectivas subdivisiones, que auxiliaron en la avaluación. Fueron encontrados apenas diez sites en condiciones de consulta confiable y se apuntó el imperativo de reconstrucción de aquellos que tengan la Historia de la Enfermería Brasileña como foco, para atender a las necesidades de los estudiantes y pesquisadores.

Palabras clave: Historia de la Enfermería. Conocimientos en Informática.


 

 

INTRODUÇÃO

Quais são os sites e qual a sua qualidade para o ensino e pesquisa sobre a História da Enfermagem Brasileira? Através de leitura sobre assunto correlato (1), pode-se constatar a necessidade que há da realização desta pesquisa, por se supor que as pessoas que buscam informação nesse veículo, com grande freqüência, são leigas no assunto.

Severino (2) definiu a Internet como uma rede de computadores interligados em nível mundial, o que permite aos interessados o acesso automático a uma gama de informações que estão armazenadas em seus sites, definidos como conjunto de páginas de uma organização ou pessoa. Para acessá-los basta apenas digitar o endereço, para que se tenha acesso ao assunto procurado, sem que haja barreiras de tempo ou distância. Além disso, há recursos disponíveis como buscadores de endereços por tema, que selecionam quais os endereços que os abordam, ao tempo que oferecem imediata oportunidade de conexão a estes, o que tornou o acesso à informação disponível nessa rede bastante facilitado e a exposição de muitas pessoas a ela um fato corriqueiro.

Existem 23 milhões de brasileiros conectados à rede mundial de computadores, segundo o Instituto Datafolha(3), não apenas como forma de entretenimento, ou seja, ela vem sendo usada cada vez mais como uma ferramenta educacional, profissional e de comunicação.

Sendo uma fonte de pesquisa, mas considerando-se que qualquer pessoa ou organização pode criar um site e torná-lo acessível, é necessário tomar medidas para que o sujeito que busca a informação tenha segurança de que esta seja confiável. Para tanto, é preciso definir e aplicar algum critério de avaliação da qualidade das mesmas, a fim de que se possa trabalhar com boa margem de certeza da conveniência do emprego dos dados capturados.

A avaliação de sites é, portanto, necessária e útil, principalmente quando se fala do emprego desse recurso nas atividades de ensino e pesquisa científica. A realização deste trabalho pode colaborar de maneira significativa para melhorar a eficiência das atividades relacionadas a essas funções e otimizar o investimento do pesquisador no uso desse recurso.

Ao realizar a avaliação de sites sobre História da Enfermagem Brasileira, pretende-se contribuir em vários aspectos. Em primeiro lugar, criando e disponibilizando, aos interessados no assunto, um referencial para a realização de pesquisas. Em seguida, diminuindo o tempo de procura, indo já ao encontro de sites bem construídos e com garantia de qualidade, evitando o uso de buscadores que, por serem não específicos, tornam a busca cansativa e a seleção trabalhosa. Além disso, ao criar um banco de dados sobre sites já avaliados, pode-se facilitar a divulgação daqueles que se dedicam em profundidade ao tema, evitando a indicação de outros que tratam do assunto de forma tangencial.

A avaliação de sites sobre diversas áreas do conhecimento não é uma prática nova. Porém, em nosso país, não se tem notícia de muitas instituições que tenham se preocupado com a questão. Numa busca de publicações científicas sobre esse tema em uma base de dados eletrônica denominada Literatura Latino-Americana e do Caribe sobre Saúde (LILACS), efetuada em março de 2005, poucas referências foram encontradas, e, dessas, muitas voltadas para a avaliação de softwares educacionais, como a de Veloso e Motta(4), nenhuma delas relacionada ao estudo da História da Enfermagem Brasileira. À exceção do trabalho de Arienti et al. (5), que avaliaram sites internacionais sobre História da Enfermagem, não há outras publicações conhecidas sobre o tema.

A maioria das produções científicas que orientam avaliações de sites é de procedência estrangeira, sobretudo norte-americana, e cada uma delas se dirige a uma área de conhecimento ou de atividade social definida. Entre as que dispõem sobre a área de saúde, optou-se pela proposição da Mitretek - Quality Criteria for Evaluate Health Information Technology (6) que, embora tenha se preocupado em prescrever para a área da saúde como um todo, possui critérios aplicáveis à subárea temática em pauta. O projeto iniciou-se em 17 de outubro de 1997, com uma convenção convocada em 1996 - Health Information Technology, promovida pelo Mitreteck Systems Institute, e incluiu a escuta de consultores externos para colaborar, sugerir e julgar critérios, entre eles, Patrícia A. Abbott, Professora de Enfermagem da Universidade de Maryland.

A citada proposição trabalhou com sete categorias centrais, a saber: Credibilidade, Conteúdo, Divulgação, Links, Design, Interatividade e Alertas/advertências, com subdivisão dessas em vários critérios. Considerando a forma crítica e participativa como foram construídos esses critérios, ponderou-se sobre a possibilidade de adaptálos e empregá-los na avaliação de sites sobre a História da Enfermagem Brasileira.

Assim, o presente estudo tem como objetivos:

Identificar os sites em atividade que abordam a História da Enfermagem Brasileira; e

Avaliar, a qualidade desses sites para seu uso nas atividades de ensino e pesquisa em enfermagem.

 

METODOLOGIA

Elegeu-se, entre os modelos de pesquisa adequados aos objetivos a serem atingidos, o método survey descritivo, como proposto por Polit, Beck, Hungler (7).

Para definir a população a ser analisada, neste caso os sites sobre História da Enfermagem Brasileira, foram acessados os buscadores mais abrangentes disponíveis nos provedores mais comumente utilizados pelos usuários brasileiros da Internet: "Google (8)", "Uol (9)" e "Bol (10)", lembrando que esses últimos congregam uma série de buscadores articulados entre si pelo próprio provedor, como "Yahoo", "Cadê" e outros.

Para obter a informação desejada, empregaram-se concomitantemente as palavras: "História Enfermagem Brasileira", tendo-se apurado um total de endereços anotados numa planilha Excel, através da qual foi feita a exclusão dos que estavam repetidos, daqueles cujo cabeçalho era semelhante (por tratar-se de um mesmo site) e dos que não tratavam do objeto de estudo e erroneamente tinham sido incluídos pelos buscadores eletrônicos.

Os restantes foram submetidos aos procedimentos de acesso, avaliação, pontuação e elaboração de listagens de sites adequados e inadequados para o ensino e pesquisa sobre História da Enfermagem.

Como instrumento de coleta de dados foi empregado um formulário para julgamento dos sites (em anexo), que foi pré-testado com sites internacionais renomados sobre História da Enfermagem, como o da Associação Americana de História da Enfermagem (11) e o Museu Florence Nightingale (12). Este instrumento era composto de espaços para a aposição de endereço do site avaliado, notas para cada critério e espaço para computação do total de pontos obtidos em cada categoria e pontuação final. As seguintes Categorias e seus Critérios foram assim distribuídos:

- Credibilidade: 40 pontos para fonte de informação, contexto, pôr em circulação, relevância, utilidade e processo de revisão editorial

- Conteúdo: 40 pontos para exatidão, hierarquia de evidência, estado de originalidade da informação, retratação por omissões ou reprovações despercebidas;

- Divulgação: 30 pontos para propósito do site, perfil, desenho;

- Links: 20 pontos para seleção, arquitetura, conteúdo, sistema de retroação, acesso e descrição;

- Design: 20 pontos para acessibilidade, lógica organizacional, navegabilidade, recurso de pesquisa interna no próprio site;

- Interatividade: 30 pontos para mecanismo de feedback, salas de conversa, adaptação ao propósito a que se destina;

- Alertas/Advertências: 10 pontos para política de privacidade, outras questões éticas e embargos.

Os sites foram submetidos à avaliação, anotada no formulário individual - um para cada site e para cada um dos pesquisadores que fez a avaliação. Esta equipe de pesquisadores, por sua vez, foi composta por dois alunos, um do primeiro e outro do terceiro ano do Curso de Graduação em Enfermagem de uma universidade particular da cidade de São Paulo, e membros de um grupo de pesquisa sobre História da Enfermagem da referida universidade. Devidamente familiarizados com os critérios de avaliação, esses alunos, em parceria com a orientadora, construíram o instrumento de coleta de dados e o testaram, bem como elaboraram a matriz de pontuação dos critérios selecionados para a avaliação, tendo sido aferidos para efetuarem a atividade.

A escolha dessa equipe de pesquisadores se deu em função do interesse pelo tema, pela familiaridade que ambos possuíam em transitar por esse meio de comunicação, pelo fato do acesso à rede mundial de computadores ser o mecanismo preferido de busca de informação pelo alunado dos cursos de graduação na atualidade, pela inserção dos alunos em grupo de pesquisa há pelo menos um semestre e, portanto, possuírem alguma experiência no estudo e pesquisa sobre História da Enfermagem e, finalmente, por potencialmente garantir visões diferentes para a análise - a de um ingressante e a de um aluno adiantado no curso.

Os resultados da avaliação foram registrados numa outra planilha Excel e cuidadosamente calculados os valores mínimo, médio e máximo de cada critério, apontando-se, por ordem de classificação e pontuação, por item, aqueles que somavam as características indicadas para o ensino e a pesquisa sobre a História da Enfermagem Brasileira, selecionando-se, como aptos, os que obtiveram um resultado igual ou maior que 50% do total de pontos possível (< 95 pontos).

Na verificação, procurou-se criar condições para minimizar a ocorrência de variação dos julgamentos dos avaliadores. Para tanto, os sites foram acessados no Centro de Microinformática da universidade em que estudavam os alunos avaliadores, na mesma semana, nos horários disponíveis para consulta de cada aluno, num total de cinco tentativas para cada site, por aluno em cinco dias consecutivos, sem que ambos trocassem impressões durante esta fase ou lhes fosse facultada a consulta aos instrumentos de pontuação do colega. Cada site foi avaliado segundo os critérios já descritos, preenchendose, portanto, dois instrumentos para cada site. Esta avaliação foi feita entre os dias 8 e 12 de agosto de 2004.

Os sites encontrados puderam ser classificados em três categorias: A) os nunca disponíveis para acesso, apesar de terem sido feitas pelo menos três tentativas por aluno, no período de estudo; B) os acessados apenas por um dos dois avaliadores; e C) os acessados por ambos.

De posse das notas atribuídas pelos dois avaliadores de forma independente, foram calculados os valores mínimo, médio e máximo de cada quesito, elaborando-se a classificação final, após a somatória do total de pontos obtidos por site avaliado.

 

RESULTADOS

Na primeira abordagem, aplicando as palavraschave nos sites de busca, foram encontrados 72600 endereços no Google, 6016 endereços no Uol e 5548 endereços no Bol. Agrupando-os por similaridade de início de cabeçalho, a lista foi reduzida para 86 sites. Isto se deu porque o buscador atribuiu a cada página do site um número de registro. Além disso, havia sites repetidos em mais de um buscador; assim, o site que possuía 200 páginas diferentes ficou reduzido a uma única indicação.

Identificados os 85 sites válidos, os procedimentos seguintes de coleta e análise de dados foram operados como já descrito. Dessas atividades, resultou um total de 23 sites acessados por ambos os alunos, 7 que foram acessados por apenas um deles e 20 que o foram por outro, mais 35 não acessados por nenhum deles, lembrando-se que o período de coleta foi o mesmo para os dois avaliadores. O total de sites incluídos no presente estudo foi, portanto, 23.

Dois sites desses 23 foram excluídos por tratarem de temas não relacionados ao objeto de estudo - um sobre podologia e outro que oferecia serviços de elaboração de trabalhos acadêmicos mediante pagamento. Assim, restaram 21 sites efetivamente avaliados.

No quesito Credibilidade, o conjunto de sites obteve, como nota máxima, 40 pontos, mínima zero e a média 26,1. No quesito Conteúdo, a nota máxima foi 40, a mínima zero e a média 26,9. Na Divulgação atribuiu-se nota máxima de 30 pontos, mínima de 5 e média de 17. No quesito Links, a nota máxima foi 20, a mínima 2 e a média 17,75. No Design, a nota máxima foi 20, a mínima 6 e a média 14, 9. Em Interatividade, as notas atribuídas foram: máxima 30 pontos, mínima 5 e média 14,3. No quesito Alerta/advertências, a nota máxima foi 10, a mínima 6 e a média 9,5.

O total de pontos máximo alcançado pelos sites foi 173,5 e o mínimo 77,5, sendo 88 o valor menor apurado para a inclusão do site no grupo de recomendados. Assim, apurou-se que 16 deles atingiam a pontuação considerada adequada para o uso das informações para ensino e pesquisa. Estes sites, listados em ordem alfabética, foram:

Aben Nacional: www.abennacional.org.br

Biblioteca Virtual Carlos Chagas: www.prossiga.br/chagas

Biblioteca Universidade São Francisco: www.saofrancisco.edu.br/biblioteca

Centro Universitário Barão de Mauá: www.baraodemaua.br/

Coren-Sergipe: www.corensergipe.org.br

Coren-Paraná: www.corenpr.org.br

Escola de Enfermagem Anna Nery: www.eean.ufrj.br

Laphe: www.laphe.hpg.ig.com.br

Nossa Cia: www.nossacia.pop.com.br

Nuphebras: www.nuphebras.hpg.ig.com.br

Portal Brasileiro de Enfermagem: www.enfermagem.net

Portal Cofen: www.portalcofen.com.br

Scielo: www.scielo.org

Universidade Federal de Santa Catarina: www.ccs.ufsc.br/enfermagem

Universidade Federal de São Paulo: www.unifesp.br

Universidade Federal de Goiás: www.fen.ufg.br

Os cinco sites restantes, por não atingirem a pontuação mínima, não serão identificados.

 

CONCLUSÃO

A pesquisa realizada identificou que existiam 21 sites que abordavam a História da Enfermagem Brasileira na sua totalidade ou em partes. Os critérios de Credibilidade, Conteúdo, Divulgação, Links, Design, Interatividade e Alertas-Advertências, aplicados aos sites avaliados por ambos os alunos, revelou que 16 em 21 alcançaram notas entre 88 e 173, 5, obtendo 50% ou mais que a pontuação total possível, sendo recomendados para fins de ensino e pesquisa sobre a História da Enfermagem Brasileira.

Concluiu-se que os objetivos da pesquisa foram alcançados e que a disponibilidade de sites como fontes para a finalidade enunciada ainda é muito restrita, recomendando-se a construção de novos sites e o aperfeiçoamento dos já existentes, para atender à necessidade dos alunos e pesquisadores.

Acrescente-se ainda que, neste momento em que tanto se questiona a confiabilidade da informação que se encontra disponível na Internet, é oportuna a aplicação desses critérios para a avaliação de sites sobre outras áreas do conhecimento.

 

Referências

1. Marques IR. Métodos para avaliação da qualidade da informação de saúde na Internet. Acta Paul Enf 2003;16(1):84-91.

2. Severino AJ. Metodologia do trabalho científico. 21ª ed. São Paulo (SP): Cortez; 2000.

3. Folha de São Paulo. Instituto Datafolha. Homepage. 2001 23-27 ago [citado 15 out 2004]. Disponível em: http://www1.folha.uol.com.br/folha/datafolha/

4. Veloso BG, Motta MCS. A enfermagem e a qualidade de software educacional: uma revisão bibliográfica sobre critérios de avaliação. Esc Anna Nery Rev Enferm 2004 abr;8(1):116-22.

5. Arienti C, Ferreira DF, Fuzetti MF, Ferrari PB, Higuti PCL, Sanna MC. Avaliação de sites sobre História da Enfermagem. Anais do 5º Congresso de Iniciação Científica; 2002 nov 2002, São Paulo (SP), Brasil, São Paulo (SP): UNISA; 2002. p.151.

6. Ambre J et al. Criteria for assessing the quality of health information on the Internet.[on line] 1997 14 out; [citado 9 abr 2004] Disponível em: http://www.mitretek.org/reference/documents/recomend_webqality.ht>

7. Polit D, Beck CT, Hungler B. Fundamentos da pesquisa em enfermagem: métodos, avaliação e utilização. 5ª ed. Porto Alegre (RS): Artmed; 2004.

8. Google (BR). Buscador de sites.[citado 2 ago. 2004] Disponível em: <http://www.google.com.br/>.

9. Uol (BR). Buscador de sites. [citado 2 ago 2004]. Disponível em: <http://www.uol.com.br/>

10. Bol (BR). Buscador de sites. [citado 2 ago 2004]. Disponível em: <http://www.bol.com.br/>

11. American Association of History of Nursing. [on line], [citado 2 ago 2004].Disponível em: <http://www.aahn.org/>

12. Florence Nightingale Museum.[on line] [citado 2 ago 2004]. Disponível em: <http://www.florence-nightingale.co.uk/>

 

 

Recebido em 18/05/2005
Reapresentado em 31/08/2005
Aprovado em 22/10/2005

 

© Copyright 2021 - Escola Anna Nery Revista de Enfermagem - Todos os Direitos Reservados
GN1