ISSN (on-line): 2177-9465
ISSN (impressa): 1414-8145
Escola Anna Nery Revista de Enfermagem Escola Anna Nery Revista de Enfermagem
COPE
ABEC
BVS
CNPQ
FAPERJ
SCIELO
REDALYC
MCTI
Ministério da Educação
CAPES

Volume 13, Número 3, Jul/Set - 2009

FAC-SÍMILE

 

História da Enfermagem - o período de declínio da enfermagem nos séculos que se seguiram a Idade Média

 

 

Alexandre Barbosa de Oliveira

Doutorando em Enfermagem da Escola de Enfermagem Anna Nery (UFRJ). Membro da Diretoria Colegiada do Núcleo de Pesquisa de História da Enfermagem Brasileira Nuphebras, gestão 2008-2009. E-mail: alexbaroli@yahoo.com.br

 

 

Apresentação

A História da Enfermagem é uma vasta área interdisciplinar de conhecimento com muitos aspectos a serem abordados, e um deles, que por certo ainda evoca muitos questionamentos e sentimentos de inquietação e perplexidade, é o que envolve o dito "período de declínio da Enfermagem", que ocorreu nos séculos que sucederam à Idade Medieval (476 d.C. - 1453 d.C.). É sobre isso que a Enfermeira Haydée Guanais Dourado discorre no seu artigo (em fac-símile) que foi publicado em julho de 1948, nos Anais de Enfermagem (vol. I, n. 3, p. 113-115).

No texto, um breve panorama é traçado sobre algumas situações que envolveram o exercício da Enfermagem nesse complexo período. Logo de início, a autora chama a atenção para o caráter dual de organização e de desorganização social que caracterizou a Idade Média.

Assim, Haydée Guanais Dourado relaciona as Cruzadas, as Sociedades Feudais, as Ordens Monásticas, como iniciativas aprioristicamente bem-sucedidas para o desenvolvimento da Enfermagem, que reuniam um ideal de cristandade àqueles doentes que necessitassem de cuidados.

Não obstante, em meio à desorganização social (e também administrativa e econômica) advinda das invasões, migrações, aglomerações urbanas, reformas, pestes, secularização e decadência dos hospitais, entre outras, a Enfermagem entra em franco declínio, em virtude do impacto que sofreu com tais transformações sociais. Após esse estágio de desorganização, e algumas décadas depois, a prática da Enfermagem seria facilitada e renovada com a atuação de Florence Nightingale. Um novo momento estava por vir...

Trata-se, pois, de um texto que se reveste de importância histórica em assuntar um período de decadência da Enfermagem, que na época via-se submissa à religião. Com seus progressos, rupturas e mudanças, acabou a Enfermagem submetida ao poder econômico, postura assumida no agora, até que uma nova desorganização social e as necessidades da profissão façam com que seus agentes se empenhem em novos rumos.

 

 

 

© Copyright 2021 - Escola Anna Nery Revista de Enfermagem - Todos os Direitos Reservados
GN1